Empreendendo em momentos de crise: 5 estratégias que podem ajudar o seu negócio

Ser dono do próprio negócio em momentos de crise, como o que estamos vivendo agora, é, sem sombra de dúvida, bastante desafiador. Veja algumas atitudes que podem te ajudar a superar esta fase difícil.

27/05/2020 • Economia
 Tempo de leitura: 4 min

O coronavírus e sua crise sanitária e econômica sem precedentes pegou todo mundo de surpresa. De repente, muitas empresas tiveram que fechar suas portas e mudar completamente seus modelos de trabalho.

Economicamente falando, estamos diante de uma crise que está abalando todo o mercado. Mas existem algumas estratégias, adotadas por outras empresas em momentos de instabilidade, que pode ajudar você, empreendedor, a manter seu negócio firme e forte.

Neste artigo, nós separamos as mais interessantes e fáceis de ser implementadas. Vamos lá?

01 – Mantenha uma conversa com o seu cliente

Estamos todos passando por uma situação delicada e tanto pessoas quanto empresas estão preocupadas e ansiosas para o que está por vir. Muitas marcas aproveitam momentos assim para estreitar o diálogo, mostrando como elas estão presentes na vida dos clientes e dispostas a ajudar.

Tente manter uma conversa com o seu público, envie e-mails ou mensagens para mostrar que sua empresa se importa e continua à disposição. Dependendo do seu produto ou serviço, é possível até mesmo oferecer algo que possa promover sua marca e ajudar seu cliente.

Como as operadoras de internet e TV a cabo que estão liberando redes wi-fi e canais premium, para que seus clientes possam se manter entretidos no isolamento e ainda conheçam as outras soluções que essas empresas oferecem, por exemplo.

02 – Controle seus gastos

Essa é uma dica bastante óbvia, mas que não poderia deixar de ser mencionada. Muitas empresas operam com despesas desnecessárias e só param para reavaliar isso quando as vendas começam a ficar escassas.

Corte tudo o que não seja essencial e mantenha o controle financeiro a pulso firme. Em momentos de crise, saber exatamente de onde vem e para onde vai o dinheiro é tarefa importantíssima. Se possível, faça um planejamento financeiro detalhado, para ter todas essas informações organizadas.

03 – É hora de mudar?

Uma característica em comum em quase toda empresa com muitos anos de existência é a capacidade de adaptação. Por exemplo, você sabia que a Shell começou como uma loja de conchas? Ao longo dos anos, seus gestores foram percebendo novas oportunidades de mercado e passaram a comercializar outros tipos de produto, até chegarem ao modelo de negócio que a empresa tem hoje.

Se a Shell não tivesse passado por tantas mudanças e continuasse vendendo seu produto inicial, será que ela ainda existiria? Conseguir se adaptar a novas realidades e necessidades do consumidor é um dos fatores que fazem um negócio não apenas sobreviver ao longo dos anos, mas crescer exponencialmente. E momentos como este são um verdadeiro convite para a mudança. 

Algumas perguntas podem te ajudar a encontrar esse novo modelo de negócio: como eu poderia oferecer meu produto ou serviço pela internet? É possível implementar um sistema de delivery? O que meu consumidor está buscando numa situação como esta? Como eu poderia gerenciar minha equipe a distância?

Ter um negócio flexível e aberto a mudanças é a base para a inovação. E todos nós sabemos o quanto isso é importante na atualidade.

04 – Reveja seus processos

Ainda falando em inovação, dá pra dizer que o maior inimigo dela é a burocracia. Se seu negócio tem processos engessados e complicados, fica muito mais difícil promover mudanças e, por consequência, adaptar-se ao que acontece no mercado.

Mesmo que o objetivo desses processos seja o bem maior (como aumentar o controle financeiro, por exemplo), é preciso rever se isso não está causando mais mal do que bem.

Sua equipe precisa ter autonomia para realizar suas tarefas com a maior eficiência e agilidade possível. Afinal, o momento pede que a produtividade aumente sem que isso gere mais gastos, seja de tempo ou de recursos.

05 – Seja transparente com a sua equipe

Assim como você, seu colaborador está preocupado com o rumo da empresa e com sua própria carreira. Neste momento, ser transparente e ter um diálogo aberto com a equipe fará com que as pessoas se sintam parte do negócio de verdade, aumentando a confiança e o engajamento.

Procure fazer um trabalho de conscientização, mostrando a real situação da empresa e do mercado e pedindo para que os funcionários colaborem, economizando recursos e dando o seu melhor no dia a dia de trabalho. Se seu time está trabalhando de casa, é ainda melhor, já que você está poupando gastos com a estrutura física.

Nesse caso, procure usar essa economia para fazer uma reserva de caixa ou, se as condições forem favoráveis, ajudar seus funcionários a criarem um ambiente de trabalho mais ergonômico em suas casas. Muitas empresas estão comprando cadeiras e mesas para membros da equipe que estão fazendo home office, por exemplo.

Infelizmente, crises econômicas sempre aconteceram e sempre vão acontecer. O que resta aos empreendedores é tentar manter seus negócios funcionando e em crescimento, mesmo quando obstáculos grandiosos, como uma pandemia, surgem inesperadamente.

Busque conhecimento, novos mercados e novos clientes. Lembre-se que oportunidades nunca surgem sem um pouco de esforço.

E não esqueça as recomendações mais importantes: lave suas mãos corretamente, não saia de casa sem necessidade e, se sair, use máscara. A saúde vem sempre em primeiro lugar 😉

Tópicos relacionados: # # #
Velev Contabilidade
Escrito por:

Velev Contabilidade

Veja também

Atuamos em diversos segmentos

Conheça a Velev descubra porque somos a melhor opção para o seu negócio: uma contabilidade digital, fácil e para você 😉

Conheça a Velev
Fale com a gente no Whatsapp